Varejo online e físico: como se destacar no Dia dos Pais

Conteúdosjulho 21, 20218 Minutes

O setor varejista vem se destacando frente ao cenário nacional. De acordo com o IBGE, em maio deste ano as vendas aumentaram 16% quando comparado ao ano passado. Já no comparativo mensal, de abril para maio de 2021, o crescimento registrado pelo ICVA (Índice Cielo do Varejo Ampliado) foi de 21%. Esse é um indicador importante para as marcas que desejam manter o ritmo de crescimento, e as datas comemorativas são uma ótima oportunidade para manter o mercado aquecido.

Segundo dados da Social Miner, no Dia das Mães o varejo online faturou cerca de R$6,4 bilhões, o que representa um aumento de 14% em relação ao ano anterior. É interessante notar que os consumidores adiaram ao máximo as decisões de compra, de maneira que o primeiro pico de vendas aconteceu 10 dias antes do evento (29 de Abril) e novamente 3 dias antes (07/05).

Já no Dia dos Namorados, que ocorreu no mês de Junho, faturou cerca de R$3,3 bilhões, alcançando um aumento de 28% no faturamento em relação ao ano passado. Diferente do Dia das Mães, os consumidores estavam mais preparados para realizar suas compras. O pico de vendas foi registrado quase um mês antes (16/05) da data oficial, e se manteve estável até o evento.

O varejo físico também atingiu resultados positivos durante as datas sazonais. Na semana do Dia das Mães (3 a 9 de maio), a Serasa Experian registrou um crescimento de 6% nas vendas, quando comparado ao ano anterior. Enquanto a semana do Dia dos Namorados atingiu um crescimento de 13,7% entre os 6 a 12 de Junho, quando comparado com o mesmo período de 2020.

Composto por Lojas de Rua e Shopping Centers, o varejo físico vem apresentando uma recuperação gradual e contínua. No ano passado, a maioria desses empreendimentos tiveram que se adaptar para oferecer uma experiência de compra integrada, seja por meio da adesão do e-commerce, programando horários para retirada rápida dos produtos ou melhorando o atendimento nos canais online.

O ambiente online foi essencial para aprimorar o atendimento e manter o ritmo de crescimento desses empreendimentos. De acordo com um estudo da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), 29% dos empreendimentos utilizaram o digital nas vendas em 2020, um crescimento expressivo de 18% comparado a 2019. Já os aplicativos próprios passaram a integrar os canais de 41% destes, um crescimento de 5% comparado a 2019. A expectativa é que nos próximos 2 anos, 59% dos Shopping Centers utilizarão mais canais digitais na estratégia de vendas.

Acesse o estudo sobre Shopping Centers, confira os principais destaques do setor e as soluções sugeridas para destacar a presença das marcas no ambiente digital.

Dia dos Pais 2021: selecionando estratégias para efetivas

O Dia dos Pais, que ocorrerá no dia 8 de Agosto, traz uma série de oportunidades para que as marcas possam utilizar o ambiente digital para encontrar potenciais consumidores e fortalecer sua estratégia de vendas.

É interessante notar que as pesquisas relacionadas a presentes para o Dia dos Pais já estão acontecendo. De acordo com o Google Trends, desde o início do mês de julho houve um crescimento nas pesquisas sobre “presente dia dos pais”.

Esse indicador fortalece a importância de uma estratégia digital durante o período, principalmente por colocar a marca, seus produtos e serviços em evidência para as pessoas que estão nesse processo de compra.

De acordo com dados da Season Insights, 66% dos consumidores relatam que os anúncios ajudaram na compra de algum produto no Dia dos Pais em 2020. Entre os principais canais que os usuários se recordam de ver os anúncios se destacam: Apps do Facebook (75%), Sites da Internet (49%), Youtube (36%). O que reforça a importância do digital para aumentar a visibilidade da marca e impulsionar as vendas durante esse período.

No estudo produzido pela Publya, algumas soluções sugeridas para os anunciantes são:

  • Campanhas de Display, que permitem a entrega de anúncios com base na intenção de compra e comportamento de navegação dos usuários. Dessa forma, o anunciante pode impactar os usuários com anúncios em portais de conteúdo, apps, entre outros.
  • Private Deals como o OLX, que permite a veiculação de anúncios de mídia display que podem ser utilizados pelas marcas. Dessa forma, as campanhas podem ser segmentadas por categorias como: Eletrônicos e celulares, Para sua Casa, Moda e Beleza, Esporte e Lazer, entre outros.
  • O Google Adwords, que ocupa um espaço importante durante o processo de pesquisas. Principalmente para reforçar a presença da marca como opção de compra e facilitar o caminho dos consumidores até o site.
  • Além das Redes Sociais (Facebook, Instagram e Messenger) que oferecem formatos diversificados (Feed, Stories, Mensagem) de anúncios, e permitem apresentar ofertas de produtos/serviços em formato de imagens e vídeos.

Saiba mais sobre os destaques do setor e soluções sugeridas pela Publya no estudo completo.